sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Brotas - SP

Enfim chegamos a Brotas, a cidade do turismo de aventura e na minha opinião de mochileiro, trilheiro, viajante ou seja lá qual a denominação que o povo fala, achei uma exploração.

Eu acho justo você ter uma propriedade, construir uma estrutura e cobrar 25, 30 ou 35 reais para passar o dia ou acampar.

Seria mais justo se toda propriedade cobrasse uma taxa de visita para poucas horas, exemplo: quero conhecer a cachoeira, tirar algumas fotos e em alguns casos, dar um mergulho. Tempo de permanência, uma hora ou até duas dependendo da trilha. a taxa, 3 ou 5 reais. Agora imagina se fossemos em todas as cachoeiras de Brotas, que em média custam para entrar 20 a 30 reais ??
Para disfarçar a exploração, algumas oferecem almoço incluso no preço.

Fica postado aqui minha revolta e sugestão

Outra cidade com muito mais cachoeiras, Bueno Brandão, a taxa em média são 3 a 5 reais.

Ou vocês acampam cada dia em uma cachoeira para não pagar a entrada e usufruir da exploração ou vão sair bem chateados com o lugar, que é lindo e não merece esse povo que cuida do turismo.

Por não conhecer a região e não ter indicações pegamos uma cabana no camping do jacaré (http://www.campingjacare.com.br) por 35 reais. o local tem uma ótima estrutura, boa localização, piscina, banheiros limpos, wi fi e bem seguro. Mesmo assim, achei caro. ficamos por falta de conhecimento.

Primeiro dia fizemos um churrasco com que sobrou de Itirapina, abrimos nossas barracas para secar e terminamos o dia na beira da piscina. 




A noite jantamos na Torre de Pizza. Recomendo.

Dia seguinte fomos as Cachoeiras do Bairro do Patrimônio, a primeira custava 25 reais a entrada. tentamos negociar e nada. Fomos na seguinte, na cachoeira das 3 quedas (http://www.cachoeira3quedasbrotas.com.br) e conseguimos um desconto por "15 reais"









Como o próprio nome diz, são 3 pequenas cachoeiras. uma estrutura básica, restaurante, o dono simpático e só não acampamos ali, pois já deixamos pago o Camping do jacaré.

Ficamos ali umas 2horas e voltamos para a cidade, tambem conhecemos o parque dos saltos (gratuito ALELUIA). 



Fizemos nosso almoço e janta no camping. Dia seguinte, tentamos fazer um rafting, mas o preço tambem não colaborou 85 reais. Zarpamos sentido a Sampa.

E se vocês quiserem conhecer cachoeiras bonitas vão para Aiuruoca-MG, Carrancas-MG, Bueno Brandão-MG e etc.
Lá você não será explorado como em "Campos de Brotas" (alusão a Campos do Jordão no inverno)

+ FOTOS: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10150585272504812.407506.576754811&type=1&l=7b695980cc